Destaques

sábado, 7 de setembro de 2013

Historicismo na Moda: Segunda Metade do Século XIX e Começo do Século XX (Parte 2)

O historicismo permanece influenciando a moda na terça parte do século XIX. As épocas usadas como referência permanecem praticamente as mesmas das décadas anteriores: antiguidade, renascimento, barroco e rococó, porém, em novas roupagens e silhuetas. Damas da corte, mulheres que desempenharam papeis importantes tanto na sociedade quanto na moda, como Mary Stuart, Marguerite de Valois, Maria Antonieta, Marquesa de Pompadour, Françoise Athénaïs entre outras, foram usadas como referência.


Século XVI 
A rica história do século XVI e início do século XVII, cheio eventos dramáticos, gerou uma enorme quantidade de romances históricos no século XIX. A referência permanece, como observamos abaixo principalmente nas mangas bufantes e nas golas grandes e rufos, como a gola Médici. 
A "gola Médici" era uma gola grande, decorativa que pegava os lados e a parte de trás da cabeça de uma mulher. Os rufos em golas altas também tiveram sua releitura no século XIX. Observem as semelhanças das golas em cada um dos quadros:


Alternadamente, imagens do século XVI e século XIX
Século XVI e século XIX (segunda e terceira imagens)
Século XVI e Século XIX
Século XVI (duas primeiras) e século XIX


No século XIX, capas eram muito populares, elas tanto podiam ter influência das capas barrocas quanto das capas renascentistas, abaixo, encontrei duas capas super semelhantes com diferença de três séculos entre elas. A da esquerda é de 1560 e a da direita, Mantle de 1888, desenhada por Charles Fredrick Worth.

Similaridade entre chapéus:


Século XVI e Século XIX (duas últimas)


Louis XIV  
O estilo Louis XIV no século XIX é principalmente uma renda exuberante emoldurando golas e punhos. As mangas dos trajes à direita também exibem características barrocas.




Louis XV
Quando falamos da influência da era de Louis XV na moda do século XIX, temos a Marquesa de Pompadour como referência. Observem nas imagens abaixo a cooptação no século XIX do estilo de penteado da marquesa. E no quadro a seguir temos a marquesa em um vestido dourado e dois vestidos do século XIX com claras referências às rendas, babados e ao formato do corpete e dos decotes usados na Era Rococó.


O fichu do século XVIII (uma peça que é como um lenço amarrado nos ombros), também teve seu revival no século XIX.


Um elemento da moda masculina rococó foi apreciado pelas mulheres do século XIX: o jabô!



Antiguidade/Primeiro Império 
Na virada do séculos XIX e XX o ciclo  se fecha.
Se o século XIX começou com a moda Império, que era inspirada na antiguidade clássica, no começo do século XX foi a própria moda Império que influenciou a moda. É como se as mocinhas da época quisessem usar roupas semelhantes às que suas bisavós usaram.
Esse "retorno" à antiguidade começou lentamente lá pela década de 1880, quando o traje feminino vai se tornando mais confortável e funcional, os vestidos caem suavemente ao redor do corpo e podem ser usados sem espartilho - os chamados "vestidos de chá". 

Na colagem que fiz abaixo, com scans de páginas de dois livros, vemos a influência grega nas vestimentas femininas dos anos de 1880 à 1909. Na terceira imagem da foto abaixo, tirada do livro Victorian Fashions & Costumes from Harper's Bazar 1867 - 1898 temos a página 129, onde a autora descreve: "este gracioso vestido neogrego combina características clássicas com requisitos da moda moderna. É composto de cashmere azul pálido drapeado, enfeitado com bordados de ouro. O corpete azul tem mangas transparentes (...) colar e braceletes etruscos que são reproduções feitas pelo Professor Schlemann (...) no cabelo, tranças gregas."



Fotografias que vão de 1908 a 1912.

Abaixo: vestidos de 1810 e 1892

No quadro abaixo temos na seguinte ordem, vestidos do: começo de 1800; vestido de chá do fim do século XIX; vestido de 1804 e vestido de 1909.


Referências de pesquisa:
História do Vestuário no Ocidente, François Boucher 
Victorian Fashions and Costumes from Harpers Bazar 1867-1898, de Stella Blum
Victorian and Edwardian Fashions from "La Mode Illustrée", de JoAnne Ollan
http://www.fashionencyclopedia.com/ 
http://sketchesoflife.livejournal.com 

Comentários via Facebook

7 comentários:

  1. A moda sempre esteve presente em todos os periodos da história mundial,modelos seguem a tendencia da
    época,cultura,tradições.São lindos e sofisticados o que se usava naquele século era considerado atual,a moda nuca fica estagnado ela volta depende da história a ser relembrada.

    ResponderExcluir
  2. AMeiiiiiiii! Lindo!❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️

    ResponderExcluir
  3. Estou assistindo a um filme de época e fiquei curiosa sobre a moda. Resolvi pesquisar de curiosa e várias das minhas curiosidades foram respondidas em mais de uma publicação do seu blog. Parabéns pela exposição tão completa!

    ResponderExcluir
  4. Eu quero fazer um video sobre a história de vida da minha mãe, ela nasceu no ano de 1931, era pessoa simples, vida rural,mas quando ia pra cidade estava sempre bem arrumadinha, cintura fina, tinha um corpo que diziam ser um violão.
    Não consegui encontrar aqui o que poderia ser na epoca.
    Vc pode me ajudar?

    Grata. Neusa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Se nasceu em 1931, sua mãe foi jovem nas décadas de 1940 e 1950. Veja se estas matérias podem te ajudar:

      http://modahistorica.blogspot.com/2013/05/1940-militarismo-new-look-e-carmen_28.html

      http://modahistorica.blogspot.com/2013/05/anos-50-parte-3-moda-feminina.html

      Excluir

NOTA AOS LEITORES
Olá, tudo bem?

Fico feliz que tenha chegado até aqui! Infelizmente não consigo responder todos os leitores com devida atenção. Me perguntam sobre livros que uso nos textos, eles listados neste link: https://modahistorica.blogspot.com.br/p/livros.html e alguns estão resenhados aqui no blog, procure a tag "livros".
Alguns textos foram escritos entre 2009 e 2013, um período que eu não anotei as fontes. Não posso agora colocar uma fonte que não lembro exatamente qual foi, indicando algo errado. Sei que professores e orientadores lhes cobram fontes e lhes garanto que há material disponível em publicações em português.
A quantidade de emails e comentários é grande e soaria repetitivo e cansativo eu responder isso a um por um dos leitores. Gostaria que essa cobrança que às vezes vem como crítica, ficasse mais amena através da compreensão, pois quando comecei o blog não sabia que se tornaria tão grande. Além disso, isso é apenas um blog que visa o entretenimento e não é minha obrigação fornecer uma pesquisa pronta a outra pessoa. Agradeço a compreensão (e os elogios ao blog).
Atenciosamente, Sana

© .História da Moda. – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in